Certel Energia tem a tarifa mais barata e é a oitava melhor distribuidora do País

Subestação rebaixadora de Teutônia

Pesquisa Aneel 2016

Pelo segundo ano consecutivo, a Certel Energia obteve excelente classificação no Índice Aneel de Satisfação do Consumidor (Iasc). Na pesquisa, realizada entre 4 de julho a 17 de setembro de 2016, foram entrevistados 24.926 consumidores residenciais das 101 distribuidoras, entre concessionárias e permissionárias de energia elétrica em todo o País.
Na atual edição do Prêmio, que tem o objetivo de estimular a melhoria contínua dos serviços, a Certel Energia foi reconhecida com o primeiro lugar no quesito Valor, que mede as tarifas mais baratas do País, a exemplo do que já foi apurado pela pesquisa do ano passado. No desempenho geral entre todas as distribuidoras, a Certel Energia está entre as 10 melhores, ocupando a oitava posição nacional.
No dia 23 de novembro, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realizou, em Brasília (DF), a divulgação do resultado e a premiação do Iasc. A cerimônia contou com a presença do ministro interino de Minas e Energia, Paulo Pedrosa, do diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, e dos diretores da Agência André Pepitone da Nóbrega, José Jurhosa Júnior, Reive Barros e Tiago Correia – além de representantes das distribuidoras, dos Conselhos de Consumidores e de outras instituições do setor elétrico.
Na abertura, o diretor-geral Romeu Rufino falou sobre a importância do Prêmio Iasc que, segundo ele, já é uma tradição no setor elétrico. Segundo Rufino, a pesquisa deve ser usada pelas distribuidoras como um instrumento de gestão de seus processos, a fim de promover a melhoria da qualidade dos serviços por elas prestados.

Significado
Para o presidente da Certel Energia, Erineo José Hennemann, o resultado reflete a atenção que é dada aos mais de 60 mil associados consumidores, distribuídos em 48 municípios gaúchos, através de uma disponibilização de energia elétrica com qualidade e confiabilidade. “É um reconhecimento importante, pois estamos na oitava posição, num universo de mais de 100 distribuidoras. Pela segunda vez consecutiva, temos a energia mais barata do Brasil, o que comprova o esforço da cooperativa em reduzir custos para os seus associados”, afirmou. Hennemann destacou que, em 2014, a cooperativa possuía uma energia 25% menor em comparação à concessionária regional; em 2015, 32% e, em 2016, 43% mais barata.
Segundo o diretor operacional da cooperativa, Ernani Aloísio Mallmann, o resultado da pesquisa nacional está relacionado aos investimentos realizados ao longo dos anos, com sobras utilizadas para melhoria do sistema, troca de transformadores das subestações e redes elétricas, posteação totalmente de concreto na distribuição, construção de pequenas centrais hidrelétricas, entre tantos outros. “Reflete o trabalho sério feito ao longo de seis décadas. A cooperativa se preocupa muito nesse sentido para garantir aos seus sócios um fornecimento com qualidade e continuidade”, observou.

Demais cooperativas
Entre as demais cooperativas gaúchas classificadas na pesquisa, estão a Cermissões (Caibaté), Coprel (Ibirubá), Creluz (Pinhal), Ceriluz (Ijuí), Cooperluz (Santa Rosa), Certaja (Taquari) e Creral (Erechim).

Fonte Jorn. Samuel Dickel Bünecker- Assessoria de Imprensa – CERTEL e CERTEL ENERGIA

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...