Certel Energia é Top Ser Humano

A Certel Energia recebeu, na quinta-feira, dia 10, no Grêmio Náutico União, em Porto Alegre, o prêmio Top Ser Humano da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RS). A cooperativa concorreu com o projeto “Capacitação Compartilhada: a construção coletiva de empresas produzindo segurança e qualidade de serviços”, que qualifica os profissionais da área elétrica de maneira diferente das outras empresas do setor: em um processo colaborativo, através de um centro de treinamento compartilhado, situado junto ao Colégio Teutônia, em parceria com a Fecoergs e o Sescoop-RS.

Em sua saudação, o presidente da ABRH-RS, Orian Kubaski, afirmou que a premiação possui em seu DNA a essência de disseminar o conhecimento do mundo do trabalho para desenvolver pessoas e organizações, influenciando na melhoria da condição social e econômica do País. “O resultado disso é mostrar, para quem quiser ver, ações e práticas de gestão que elevam a dignidade humana, promovendo bem-estar e desenvolvimento das pessoas e da sociedade sem cobrar nada por isso. A espontaneidade é que está por trás disso tudo”, salientou.

Equipe

Para o presidente da Certel Energia, Egon Édio Hoerlle, a distinção da ABRH-RS enaltece a importante atuação preventiva em benefício de profissionais da área elétrica. É um trabalho consagrado dentro da empresa, especialmente porque há uma preocupação permanente com a profissionalização e segurança do capital humano. “No mundo moderno, não se pode mais trabalhar isoladamente, e sim em equipe. E esta equipe só produz bons resultados se há uma constante formação profissional. Especialmente no nosso setor, que é de grau de risco 3, temos um treinamento coletivo dos colaboradores, que trabalham também em redes elétricas energizadas”, frisou.

Presenças

A cooperativa também esteve representada pelo vice-presidente e diretor de energia, Erineo José Hennemann; diretor administrativo-financeiro, Milton Huve; gerente de recursos humanos, Alexandre Marcelo Schneider; gerente de qualidade e inovação e coordenador de padronização da Fecoergs, Leandro Hoerlle; e pela coordenadora de desenvolvimento de pessoas, Sandra Wink. Em nome do Centro de Eletricidade, estiveram o coordenador, Márcio Mügge, e o diretor do Colégio Teutônia, Jonas Rückert. O Sistema Ocergs-Sescoop/RS esteve representado pelo superintendente Norberto Tomasini.

Saiba mais

Para atender às determinações legais do Setor Elétrico Brasileiro e às normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego, os profissionais eletricistas são obrigados a frequentarem constantes cursos de aperfeiçoamento, visando à garantia da segurança operacional em todas as atividades. A Certel Energia incentivou a criação do Centro de Treinamento em Eletricidade que, hoje, é referência de qualificação tanto para as cooperativas gaúchas de eletrificação como para as grandes concessionárias.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...