Certel e Certel Energia são modelo para Cuba e Moçambique

A Certel e a Certel Energia receberam, em agosto, a visita da vice-presidente da Associação Nacional de Economistas e Contadores de Cuba, Raquel Salabarría Márques, e do gerente da Confederação Alemã das Cooperativas (DGRV) de Moçambique, Antoine Bossel. Acompanhados pelo assistente administrativo do Sistema Ocergs/Sescoop-RS, Mateus Loro da Soledade Dias, os visitantes foram recepcionados pela direção e por demais gestores, e puderam visitar e conhecer as duas cooperativas.

Mateus detalha que a visita é fruto do convênio bilateral entre o Sistema Ocergs/Sescoop-RS e a DGRV. “O objetivo é que Raquel e Antoine conheçam as cooperativas e levem os conhecimentos para aprimorar o cooperativismo em seus países”, afirmou.

Segundo Raquel, o cooperativismo em Cuba é muito insipiente e está renascendo. “As cooperativas estão presentes em áreas como agricultura, comércio, serviços, gastronomia, transporte, construção e turismo. Levarei daqui a visão muito positiva das cooperativas de eletrificação, como a Certel, que realizam um trabalho exemplar e que pode ser aplicado não só em Cuba, mas em vários países do mundo”, assinalou.

Antoine destaca que a visita foi exitosa, pois Moçambique possui uma nova Lei das Cooperativas, de 2009, que permite criar cooperativas de produção e distribuição de energia. “É uma alternativa para melhorar consideravelmente a infraestrutura energética do país, que é precária. O que mais nos surpreendeu aqui é o alto grau de sofisticação, com tecnologia de ponta para tornar o fornecimento muito eficiente. A diversificação de atividades e a responsabilidade socioambiental também nos deixaram impressionados”, mensurou.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...