Candidatos à prefeitura e comunidade conhecem os desafios de Lajeado

Representantes de entidades com os candidatos das três coligações

Eleições 2016

No evento, com a presença dos representantes de cada coligação, foi realizado o sorteio das datas para os encontros individuais que acontecem dias 13,14 e 15 de setembro. Nestes, cada coligação terá a oportunidade de apresentar seu plano de governo. Marcelo Caumo e Gláucia Schumacher iniciam a sabatina no dia 13; no dia seguinte, é a vez dos candidatos Márcia Scherer e Renato Worm; e no dia 15 apresentam-se Luís Fernando Schmidt e Vilson Haussen Jacques Filho.

Lajeado – Cerca de 140 empresários, executivos, lideranças políticas e comunitárias participaram de reunião-almoço (RA) desta quarta-feira (31.08) na Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil). A exposição, intitulada “Desafios do município de Lajeado pela ótica da Agenda 2020” teve como palestrantes o presidente do Conselho Superior da Agenda 2020, Humberto César Busnello, e o diretor executivo da instituição, Ronald Krummenauer.

“O mais importante para ter um futuro melhor é agir”, afirmou Busnello no início das apresentações. A Agenda 2020 é um movimento e não uma entidade. É um espaço de interação entre o poder público, iniciativa privada, universidades e o terceiro setor. Um movimento da sociedade do Rio Grande do Sul que age em busca de um futuro melhor.

O palestrante apresentou as principais tendências nas áreas de tecnologia, trabalho e vida humana. De acordo com dados internacionais, estamos no início de uma revolução. Vivemos em uma época de mudanças e essas estão cada vez mais rápidas. A forma como vivemos, trabalhamos e interagimos vai se transformar profundamente. Cerca de 47% das profissões atuais correm risco de se tornarem obsoletas até 2025. “Quem não estiver preparado para estar tendências, corre riscos” alertou Busnello. Na apresentação, foram mostrados dados brasileiros e estaduais.

Em seguida, Krummenauer trouxe os indicadores do município de Lajeado, contidos na “Sinaleira 2020”. A “Sinaleira 2020” é um site que contém os indicadores socioeconômicos do Estado. No trânsito, a sinaleira utiliza a linguagem de cores (vermelho, amarelo ou verde). Estas mesmas cores representam os índices de desenvolvimento do estado e municípios. Verde para seguir em frente, amarelo como sinal intermediário de alerta e o vermelho que nos impede de avançar. Ao clicar em cada sinaleira, o visitante da página encontra um conjunto de gráficos mostrando uma série histórica da real situação de cada indicador e um pequeno texto explicativo referente a cada imagem. É compromisso da Agenda 2020 manter os dados sempre atualizados com os resultados mais recentes.

Sobre Lajeado, os indicadores mostram que a segurança, saúde, saneamento e a educação nas séries finais merecem um pouco de atenção. “Estes são desafios que praticamente todas as cidades do Rio Grande do Sul enfrentam”, revela Krummenauer.

Sabatinas

Na reunião, estiveram presentes, como convidados e ouvintes, os candidatos a prefeito e vice-prefeitos das três coligações que disputam a Prefeitura de Lajeado.

No final do evento, lideranças das entidades sortearam entre os candidatos as datas de três encontros posteriores para ouvirem, de forma isolada, os planos de governo de cada coligação. As sabatinas acontecem em 13, 14 e 15 de setembro, às 08 horas, com duração máxima e 1h40min cada. A ordem sorteada foi: dia 13 de setembro, Marcelo Caumo e Gláucia Schumacher com a coligação “Juntos Podemos”; 14 de setembro, Márcia Scherer e Renato Worm com a coligação “Um novo caminho seguro para Lajeado”; e 15 de setembro, Luís Fernando Schmidt e Vilson Haussen Jacques Filho com a coligação “Lajeado no rumo certo”.

Nos encontros individuais, cada candidato terá 20 minutos para apresentar os planos de governo. Em seguida, ocorrerá uma rodada de perguntas e respostas. Cada entidade fará um questionamento e o candidato terá cinco minutos para responder.

As regras são: cada entidade convidará de três a cinco membros de suas diretorias para estarem presentes. Inicialmente, cada candidato terá 20 minutos para apresentar o seu plano de governo. Cada entidade fará uma pergunta ao candidato – serão 12 perguntas no total, dado que o Sincovat e Aescon farão uma pergunta. As perguntas deverão ser feitas no tempo máximo de um minuto. Cada candidato terá quatro (04) minutos para resposta e eventual debate sobre o tema da pergunta. Cada coligação poderá trazer aos encontros, além dos candidatos a prefeito e vice, até no máximo cinco assessores, que não poderão se manifestar. As apresentações serão filmadas e as entidades decidirão posteriormente como os vídeos serão utilizados.

Realização

A RA especial da Acil, foi realizada conjuntamente com a Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública (Alsepro), Associação das Empresas de Serviços Contábeis, Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Vale do Taquari (Aescon VT), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Lajeado, Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) do Vale do Taquari, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA), Junior Chamber International (JCI) Lajeado, Observatório Social (OS) Lajeado, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB Lajeado), Sindicato do Comércio Varejista do Vale do Taquari (Sindilojas VT), Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade do Vale do Taquari (Sincovat), Sindicato da Indústria da Construção Civil e Similares do Vale do Taquari (Sinduscom VT) e Sociedade dos Arquitetos e Engenheiros do Vale do Taquari (Seavat).

As RA de 2016 da Acil têm o apoio de Bebidas Fruki, BRDE, Excellence Garçons, Floricultura Flores e Flores, MSommer Produções, Olicenter Informática, Richter Gruppe, Sorvebom e Têxtil Home.

Fonte Priscila Rodrigues- Assessoria de Imprensa ACIL

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...