Caminhos da Forqueta: Roteiro turístico torna-se realidade em Arroio do Meio

O primeiro roteiro turístico de Arroio do Meio – Caminhos da Forqueta – foi oficialmente lançado na noite da última sexta-feira, dia 29, em evento realizado em frente à subprefeitura do Distrito de Forqueta. Na mesma ocasião, numa cerimônia conjunta, o Distrito comemorou seus 25 anos de história e apresentou à comunidade sua decoração natalina, idealizada numa parceria entre Administração Municipal, artesãs e comunidade local. Estiveram presentes autoridades, comunidade, representantes de entidades parceiras do roteiro turístico – Afubra, Sebrae e Amturvales – e empreendedores do Caminhos da Forqueta, em uma noite que acabou numa farta mesa de degustação de produtos coloniais, produzidos e oferecidos pelos empreendedores, numa amostra do que os turistas encontrarão no roteiro.

Numa volta ao tempo, o evento iniciou com a apresentação do professor Paulo Alécio Weizenmann, que por meio de slides e fotos, contextualizou a chegada dos primeiros imigrantes alemães ao Distrito de Forqueta, destacando as dificuldades que os mesmos encontraram até chegar à Região, desbravar as matas e iniciar o povoado. Após períodos difíceis, vieram os momentos de alegria com a construção do Esporte Clube Forquetense, igrejas, chegada de médicos, transporte, lazer e entretenimento. “Forqueta é o lugar mais distrital, que tem a identidade do seu povo. São sentimentos profundos que se instalam no coração e na alma”, exclamou o professor emocionado.

Com os 18 empreendedores a postos, o Presidente da Associação do Caminhos da Forqueta, Paulo Reichert, falou sobre o projeto que iniciou em julho de 2010, dentro do projeto “Verde é Vida”, da Afubra e Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Professor Arlindo Back, com apoio da Administração Municipal, por meio das Secretarias de Educação, Agricultura e Turismo. “Nos desafiamos num negócio novo, diferente do tradicional. Nos preparamos por três anos, com 560 horas de aulas, cursos e visitas técnicas e agora estamos prontos para receber o turista da melhor forma possível”, afirmou Reichert. Para dar forma ao roteiro, o grupo passou por um ano de qualificação, por meio de módulos do Curso de Turismo Rural do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Após o pronunciamento de Reichert e a exibição de um vídeo apresentando os pontos turísticos do roteiro, os representantes das entidades parceiras fizeram uso da palavra, rasgando elogios aos envolvidos no projeto.

Vereador e empreendedor do roteiro, Paulo Grassi, agradeceu aos envolvidos, salientando a visão da Administração Municipal em apoiar o projeto, ajudando a comunidade a se desenvolver. “O turismo é uma indústria sem chaminé, que se desenvolve e floresce”. O prefeito Sidnei Eckert parabenizou a comunidade pelos 25 anos e resgatou o histórico do roteiro turístico. “Logo que assumimos, em 2009, buscamos a parceria junto com a Afubra, pelo Verde é Vida. O projeto andou bem e surgiu o Caminhos da Forqueta, mas nada disso teria importância se não tivesse os empreendedores comprometidos que Forqueta tem”, elogiou Eckert. “Que o Distrito possa alavancar seu crescimento com esse roteiro, beneficiando diretamente as pessoas da comunidade, trazendo melhorias nas suas vidas”, concluiu.

Ao final dos discursos, o prefeito Sidnei Eckert e o subprefeito de Forqueta, Ereneu Rockenbach, ligaram as luzes da decoração natalina do Distrito, iluminando Forqueta de forma encantadora. Nessa sexta-feira, dia 6, a família Reichert promove o primeiro café colonial oficial do roteiro. Reservas podem ser feitas pelo fone 99936784, com Noemia.

Saiba mais sobre o Caminhos da Forqueta

O roteiro já foi visitado de forma experimental por alguns grupos do município e de outras cidades da Região e Estado. A partir de agora o roteiro estará oficialmente disponível para visitações de grupos, por meio de agendamentos. No local, os turistas poderão apreciar a Igreja Evangélica de Pedra, Igreja Católica São Vendelino, relógio dos Chás, Camping do Ereneu com restaurante, hortas orgânicas, Alambique Maders, Conservas Seibel, mirante, Apiário Gisch, Museu Kamphorst, Café Colonial e Licores Reichert, artesanato, composto orgânico, frutas cristalizadas, trilha ecológica, além de outras paisagens e belezas naturais.

Maiores informações e reservas pelo fone 99936784, com o presidente da Associação Caminhos da Forqueta, Paulo Reichert. Forqueta está localizado a 11 quilômetros do Centro de Arroio do Meio, com acesso asfáltico até o Distrito. Sua população é de cerca de 1,3 mil habitantes. A economia à base do setor primário – com destaque para a suinocultura, avicultura e leiteira – indústria e comércio, passa a contar a partir desse ano com o turismo, por meio do roteiro Caminhos da Forqueta.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...