Calvi apresenta panorama econômico e social para empresários

Encantado – O Almoço Empresarial promovido pela Associação Comercial e Industrial de Encantado (Aci-e), na última quinta-feira, dia 25, no Clube Comercial, teve como palestrante o vice-prefeito José Calvi. Representando o Executivo, Calvi apresentou aos empresários e demais autoridades um panorama sobre a aplicação dos recursos municipais nas diversas áreas e fez projeções de investimentos.

A explanação teve início com a apresentação da nova filosofia de gestão, além da logomarca e slogan da Administração Municipal, que representam a união da comunidade na construção de uma cidade ainda melhor. “Um futuro melhor não depende apenas do poder público, mas de toda a comunidade, em seus diversos segmentos”, enfatiza Calvi.

Na sequência, o vice-prefeito expôs números da matriz econômica, além de detalhes do Orçamento e aplicação dos recursos, nas diversas áreas. Reservados os valores para cumprir com as obrigações legais e o que compete a cada secretaria, o município prevê, se o Orçamento se confirmar, um investimento na ordem de R$ 1 milhão para manter e atrair novas empresas.

Outro assunto em destaque foi a questão judicial que emperra a construção da Rota do Desenvolvimento, que pretende desviar o tráfego pesado do Centro da cidade. “Queremos tranquilizar os empresários mostrando que estamos lutando para que esse projeto se concretize. Para tanto, analisamos também a possibilidade de mudar o traçado da via”, anuncia.

Calvi fez ainda uma projeção de obras e melhorias que já estão com os recursos garantidos, entre elas a pavimentação asfáltica da Estrada dos Imigrantes e das ruas Severino Augusto Pretto, Duque de Caxias e Estrada São José; a construção de uma nova escola para os bairros Santo Antão e Jardim da Fonte; e a construção da sede própria do Caps. “Já temos R$ 22 milhões em projetos cadastrados nos diversos ministérios, exceto no das Cidades, que ainda não abriu o portal para inclusões”, comenta.

“Índices como o Firjan, Idese e IDH demonstram que Encantado está entre as melhores cidades do Brasil. Precisamos parar de ouvir que Encantado não cresce, que não se desenvolve. Uma cidade desenvolvida não é medida apenas pelo número de habitantes, mas pela qualidade de vida que ela proporciona a seus cidadãos”, conclui.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...