Autoridades convidam a “construir juntos” na abertura da Construmóbil 2017

A abertura da 8ª Feira da Construção Civil, Mobiliário e Decoração do Vale do Taquari (Construmóbil 2017) renovou o convite dirigido à população regional para prestigiar o evento. Em solenidade realizada no fim da tarde dessa terça-feira (26), as autoridades reforçaram o slogan da feira – “Vamos construir juntos?” – e enumeraram motivos para o público prestigiar o evento, o qual segue até domingo (01.10) no Parque do Imigrante, em Lajeado. A programação foi acompanhada por lideranças empresariais e políticas, entre os quais o governador em exercício José Paulo Dornelles Cairoli, expositores e patrocinadores. Após a cerimônia, teve o desenlace da fita inaugural da Construmóbil 2017, que nesta edição também traz a reflexão sobre a economia colaborativa e sua aplicação com foco na geração de negócios.
“A Construmóbil se propõe a provocar reflexões, estimular conexões, fomentar negócios, estabelecer vínculos, enfim, construir pontes entre as empresas e entre estas e a comunidade”, destacou o presidente da comissão organizadora, Marcos Mallmann. Com quase 200 expositores, diferencia-se cada vez mais pela qualidade dos espaços. “Temos um dos mais altos índices de estandes especiais, ou seja, aquelas montagens que fogem do formato básico. Esse indicador é evidência do crédito que os nossos expositores dão ao evento, que se torna assim um dos mais fortes e expressivos do Estado em seu segmento, podemos atestar”.
Cairoli marcou sua fala com o compartilhamento de ações de enfrentamento à crise do Estado e país. Ele citou as dificuldades financeiras, a folha de pagamento dos servidores que compromete 75% da receita do Estado e o embate na privatização de órgãos como CEEE e Sulgás. Mas além dos desafios, também comemorou investimentos. “Na última semana viabilizamos quase R$ 4 bilhões para o nosso Estado, entre negócios que vão acontecer na Região Metropolitana e em Rio Grande”, afirmou. O governador em exercício agradeceu o dinamismo dos empresários. E encerrou sua participação pedindo a cada um para pensar o que é possível fazer para mudar o entorno. “Lajeado e o Vale do Taquari servem de exemplo. Aqui se fala em crise olhando pra frente, olhando para as oportunidades”.
Na mesma linha, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil), Miguel Arenhart, elogiou os expositores. “São vocês que representam o Brasil que dá certo. Se uniram em prol de um objetivo comum, afinados em um espírito de colaboração, e construíram – juntos – este grandioso evento”. O dirigente enalteceu o exemplo de quem está na Construmóbil: “os empreendedores ‘abstraíram’ o sentimento dominante de crise, apostando na feira e investindo pesado para a sua concretização”.
O prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo, revelou seu otimismo com o evento apoiado nos resultados da construção civil no município. Segundo ele, houve um crescimento de 30% nos projetos analisados neste ano em comparação com 2016, representando 215 mil metros quadrados de construção. “Fazendo um cálculo simples, multiplicando isso por R$ 1,5 mil, chegamos a R$ 320 milhões injetados na economia”, comemorou. Caumo ainda divulgou a importância da feira para a divulgação de projetos importantes da Administração Municipal, como o Lajeado 2040, e a nova lei de adoção de espaços de lazer.

Fonte Imprensa Construmóbil 2017

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...