Assembleias aprovaram resultados de 2015 da Certel e Certel Energia

Certel e Certel Energia realizaram, na tarde desta quinta-feira, dia 31 de março, no auditório central do Colégio Teutônia, as suas Assembleias Gerais Ordinárias, com a presença de associados, líderes de núcleo, conselheiros administrativos e fiscais, colaboradores, gestores, diretores e lideranças municipais e regionais. Na ocasião, foram levadas à apreciação dos associados as demonstrações contábeis do exercício de 2015, que apresentaram resultado positivo, com uma sobra de R$ 7 milhões no grupo Certel.

Certel Energia

A primeira assembleia, da Cooperativa de Distribuição de Energia Teutônia (Certel Energia), iniciou às 13h30min. Esta cooperativa deixou uma sobra de R$ 12 milhões.

Investimentos

Em 2015, a Certel Energia investiu R$ 93.774.167,45 em aquisição e modernização da infraestrutura energética, sendo R$ 6.159.934,45 aplicados na melhoria e ampliação do sistema elétrico, R$ 12.614.233,00 em manutenção do sistema de distribuição e R$ 75 milhões na aquisição da PCH Salto Forqueta e da CGH Boa Vista.

Na melhoria do sistema elétrico, pode-se destacar o desdobramento de circuitos de baixa tensão, com a inclusão de mais transformadores de distribuição remanejados de diversas regiões, tendo como foco a qualidade da energia fornecida aos associados.

Também houve o recondutoramento de alimentadores em Lajeado, Teutônia e Salvador do Sul.

Agilidade no atendimento

Uma pesquisa de satisfação foi realizada na assembleia, apontando que 100% dos associados estão satisfeitos com a energia que recebem em casa.

Em 2015, foram registradas 26.481 ligações telefônicas informando a falta de energia no Disque Certel Energia. As equipes de plantão apresentaram um tempo médio de atendimento de 122 minutos.

Certel

Logo após, teve início a assembleia da Cooperativa Regional de Desenvolvimento Teutônia (Certel), que reduziu o seu prejuízo de R$ 18 milhões registrados em 2014 para R$ 5 milhões em 2015.

Entre as atividades desta cooperativa, estão as Lojas Certel, com 36 filiais distribuídas pelo Estado e uma loja virtual (www.lojascertel.com.br); o provedor de Internet CertelNET, com mais de 13 mil assinantes em 29 municípios; a geração de energia elétrica, que, em 2015, manteve forte dedicação na obra da quarta hidrelétrica, a Cazuza Ferreira, em São Francisco de Paula; e a Certel Artefatos de Cimento, que industrializa postes com até 40 metros de altura para o mercado gaúcho de energia.

Conselhos fiscais

Também foram eleitos e empossados os novos integrantes dos Conselhos Fiscais das duas cooperativas.

Na Certel Energia, os titulares são: Joacir Antonio Zanchett, Jovani André Agostini e Daniel Antonio Lazzari. Os suplentes são: Nilo Thies, Plinio Caliari e Zeno Seibel.

Na Certel, os titulares são: Imério Gonzatti, Ademir Sipp e Nelson Lauri Appel. Os suplentes são: Jair Antônio Guaragni, Silvério Rürhwiem e Ingo König.

Avaliação

Segundo o presidente, Erineo José Hennemann, o ano foi vitorioso para o grupo Certel, visto que houve uma sobra de R$ 7 milhões. “A reversão desses valores foi possível porque readequamos os negócios, fortalecendo nossas estratégias em busca de resultados positivos”, afirmou.

Disse que as cooperativas, mesmo com a situação econômica nacional desfavorável, obtiveram bons resultados, atribuídos ao trabalho de equipes competentes, com talentos sempre em desenvolvimento, sintonizando todas as atividades no sentido de encontrar soluções que garantam aos associados um atendimento qualificado, ágil, cordial, com qualidade e confiabilidade.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...