Arroio do Meio sedia 8º Encontro Nacional do Pisa

O município sedia na próxima terça-feira, dia 17, o 8º Encontro Nacional do Programa de Produção Integrada de Sistemas Agropecuários (Pisa). O evento ocorre no Centro Comunitário São José de Anchieta, em Rui Barbosa, das 13h às 19h, numa promoção do Programa Juntos para Competir (Farsul, Senar e Sebrae), com apoio da Prefeitura, Emater, UFRGS e UFPR. A tarde será composta por três palestras ministradas por profissionais da área, exemplos da realidade local e mesa redonda de debates.

A primeira palestra inicia às 14h30min, com o tema “Construindo uma visão comum para a agricultura sustentável”, ministrada pelo representante do escritório de plantas leguminosas da Organização Mundial das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), Teodoro Calles. Vindo direto de Roma/Itália, Calles compartilhará sua experiência em trabalhos na área, incluindo uma pesquisa em genética vegetal.

Às 15h20min, o Mestre em Engenharia Agrícola e professor do Instituto Federal Catarinense, Marcos Paladini dos Santos, abordará o tema “Pisa: Integrando conhecimento inovador, gestão sistêmica e empoderamento da família rural num case de sucesso”.

A terceira e última palestra da tarde fica por conta do professor no Departamento de Solos da UFRGS, Ibanor Aghinoni, com o tema “O solo no contexto dos sistemas integrados de produção agropecuária”.

A programação segue com a explanação da realidade local a partir do Programa. Às 16h40min, o secretário da Agricultura, Paulo Heck fala sobre “Impactos regionais do projeto Pisa: exemplo no Vale do Taquari e Rio Pardo”. Na sequência, produtores do Vale do Taquari compartilham suas visões sobre a prática do Programa. Para encerrar, será formada uma mesa redonda de debate, intermediada pelo professor da UFRGS e coordenador estadual do Pisa, Paulo Carvalho.

Saiba mais

O Pisa é uma iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), desenvolvido no Estado pelo Programa Juntos para Competir (Farsul, Senar e Sebrae), em parceria com as universidades federais do Rio Grande do Sul e do Paraná e Prefeituras Municipais. Foi desenvolvido para debater tecnologias sobre adequação do processo produtivo em propriedades rurais e estimular a produção sustentável de alimentos seguros com qualidade. Em Arroio do Meio foi implantado em 2013, e conta com 23 produtores participantes. Os principais objetivos são melhorar o manejo e a produção da propriedade, visando reduzir custos, aumentar a produção e a lucratividade do produtor rural.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...