Arroio do Meio realiza 7º Encontro Municipal de Sementes Crioulas

Com o tema “Milho crioulo: um novo tempo”, o município de Arroio do Meio programa, para esta quinta-feira, dia 22, o 7º Encontro Municipal de Sementes Crioulas. O evento, com início previsto para as 13h, ocorre no Salão Paroquial da Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. A atividade, de acordo com o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar de Arroio do Meio, André Michel Müller, consiste em uma tarde de debates, de troca de sementes e de partilha e degustação de alimentos produzidos por meio de cultivos crioulos. “O objetivo é promover o resgate e as perspectivas de uso das sementes, ajudando na sua preservação”, explica.

O agrônomo ressalta que, a cada ano, a importância dada à necessidade de preservar sementes e mudas crioulas é ampliada. “E, para garantir esta diversidade, é importante que os produtores rurais tragam os seus cultivos para que estes possam ser compartilhados”, observa. A gastronomia também é destaque no encontro já que muitos produtores têm as sementes, mas sabem pouco sobre o processo de elaboração dos pratos. “E este fator cultural acaba sendo um dos bons efeitos da manutenção da variabilidade disponível, já que cada semente tem uma característica diferente”, diz.

Ainda sobre o mesmo tema, Müller mostra-se satisfeito ao saber que, mesmo em tempos de transgenia ainda restam muitas espécies preservadas. “O mercado de commodities obriga o agricultor familiar a modificar o seu sistema de cultivo para se manter na atividade”, lembra. Ainda assim, ele afirma ser possível encontrar uma série de sementes de feijão, milho, batata doce, abóbora, entre outros. “Por outro lado, os próprios chefs de cozinha já percebem a superioridade alimentar proveniente dos cultivos crioulos”, salienta.

O encontro é promovido pela Emater/RS-Ascar, Secretaria Municipal da Agricultura, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Grupo dos Agricultores Ecologistas da Forqueta, Comunidades Católica e Evangélica da Confissão Luterana, Comissão Pastoral da Terra e Juventude Rural. O apoio é da Articulação de Agroecologia do Vale do Taquari (AAVT) e da Secretaria Municipal de Educação. Mais informações podem ser obtidas no escritório municipal da Emater/RS-Ascar de Arroio do Meio, ou pelo telefone (51) 3716-1180.

Programação

13h – Recepção
13h30min – Acolhida e apresentação dos participantes e benção ecumênica das sementes feitas pelo padre e pelo pastor
14h – Reflexão e debate “Milho crioulo: um novo tempo”, com apresentação de vídeo, explanação sobre qualidade alimentar do milho, industrialização de farinha e derivados e apresentação de alimentos
15h – Relato de experiências pelos participantes
15h30min – Troca de sementes e degustação de alimentos de sementes crioulas
16h – Avaliação e Encerramento

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...