Arroio do Meio prioriza serviços de incentivo ao crescimento do setor primário

A Secretaria da Agricultura trabalhou, recentemente, na execução da terraplenagem e acesso da propriedade de Régis Abel Rahmeier, 36 anos, localizada na Linha Bicudo/Palmas. No local está sendo construído um abatedouro e agroindústria de bovinos e suínos, que deve estar em plena atividade a partir de 2015.

De acordo com Rahmeier, a obra está com o alicerce pronto e as paredes começam a ser erguidas na próxima semana. Se as condições climáticas colaborarem, a construção de 249 metros quadrados, incluindo a área de descarga, deve ser finalizada no período de quatro meses. O investimento é de cerca de R$ 500 mil. A projeção é de abater cerca de 50 bovinos e 20 suínos semanalmente, chegando a 300 animais/mês. Atualmente, a agroindústria familiar, administrada por Régis, o irmão e o pai, conta com três funcionários, número que deve dobrar com as novas instalações, gerando emprego e renda.

Somente neste ano, a Secretaria da Agricultura já prestou mais de 1.580 horas/máquinas trabalhadas em novos investimentos do setor primário, sem contar os serviços considerados de rotina para a equipe. Segundo o Sscretário Paulo Heck, isso representa 75% dos dias trabalhados em prol do incentivo ao crescimento do setor, com destaque para os segmentos de leite, suínos e agroindústrias. “Incentivamos o produtor e empreendedores do meio rural, visando a sucessão familiar, o crescimento do setor e a melhora da qualidade de vida e trabalho dessas pessoas que tanto dedicam-se por Arroio do Meio”, resume Heck.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...