Arroio do Meio intensifica apoio ao crescimento do setor primário

Em algumas semanas, a propriedade de Vianei Lansing, localizada em Arroio Grande Superior, dobrará sua capacidade de produção de suínos, com a construção de uma nova pocilga (chiqueiro) de 405 metros quadrados. Com capacidade para 430 suínos em fase de terminação, Lansing deve investir mais de R$ 160 mil na construção. Atualmente o produtor cria 370 animais numa infraestrutura localizada ao lado da planejada. Além dos suínos, o empreendimento familiar conta ainda com a produção de leite, com uma média de 15 vacas em lactação, que garantem 300 litros de leite ao dia.

Como forma de incentivo ao crescimento do setor primário, a Secretaria da Agricultura executou a terraplenagem do local que abrigará o investimento de Lansing. Num total de 180 horas/máquina trabalhadas, o serviço se soma a outros executados este ano em dez propriedades do interior do município. Com o predomínio da suinocultura, os serviços ultrapassam 2,1 mil horas/máquina executadas pelo Poder Público, visando o apoio e o aumento da renda do produtor rural, além da permanência do jovem no campo.

“Trabalhamos focados no crescimento do setor primário, qualidade de vida, renda e bem estar do nosso produtor. Para isso promovemos políticas de incentivo e respeitamos um cronograma de obras, priorizando investimentos que retornem de alguma forma para o município”, explica o secretário Paulo Heck. “Além disso, olhamos o interior na sua infraestrutura geral, trabalhando em parceria com a Secretaria de Obras e subprefeituras na manutenção das estradas, buscando ainda melhorias nas áreas da saúde, telefonia, internet, energia elétrica e redes de água das localidades”, explica.

Saiba mais sobre serviços prestados para investimentos do Setor Primário em 2014:

  • 1.470 horas/máquina trabalhadas para a construção de cinco e ampliação de duas pocilgas para suínos;
  • 250 horas/máquina trabalhadas para a construção de três Freesthal para a produção leiteira;
  • 380 horas/máquina trabalhadas para a construção de uma nova agroindústria – abate de suínos e bovinos.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...