Após duas décadas, Governo de Estrela reabre capatazia no Costão

O Governo de Estrela reabriu na última quinta-feira, dia 9, a capatazia do Distrito de Costão que estava desativada há mais de 20 anos. A sede, localizada no acesso a localidade de Chá da Índia, às margens da ERS-129, levou autoridades e agricultores a prestigiarem o ato.

A capatazia do Costão é um braço do governo municipal para a comunidade do interior e está subordinada a Secretaria de Obras Públicas. No local permanecerão os equipamentos que vão estar agora mais perto dos produtores para fazer serviços de roçadas e melhorias nas estradas. Uma motoniveladora, uma retroescavadeira, um caminhão-caçamba e um trator estarão sob a coordenação do capataz Auri Jacobs. A prefeitura selecionou pessoas capacitadas para trabalhar no Distrito. Que conhecem as localidades e estarão aptas a deixar as vias em condições para o escoamento da produção. A capatazia beneficiará seis comunidades: além do Costão, São José, Linha Geraldo Alta e Baixa, Linha Lenz, Linha Wolf e Chá da Índia.

“Era um projeto do prefeito Rafael Mallmann desde a época de campanha reabrir as capatazias e trazer o serviço mais próximo a população. Assim, se evita desgastes de equipamentos, economiza-se no tempo de deslocamento e combustíveis com as máquinas”, enfatiza o secretário de Obras, Jorge Both.

O presidente da comunidade de Costão, Jorge Möhr, salientou a satisfação com que a localidade recebeu a capatazia. “Estamos felizes com a oportunidade. Nosso objetivo é o desenvolvimento porque Costão cresce cada vez mais.” O vice-prefeito Valmor Griebeler lembrou que não faltará empenho da equipe para melhorar ainda mais os serviços. Observou que a comunidade tem como característica a união, o que conta pontos em favor do progresso. “Queremos muito mais para Costão e cada obra vem em seu tempo.”

O prefeito Rafael Mallmann enfatizou que o governo trabalha com afinco no trato do dinheiro público, tudo para conseguir levar o serviço público ao interior e revertê-lo em melhorias. Ele explicou a evolução do parque de máquinas do município de 2013 até agora. “Quando assumimos, tínhamos apenas uma máquina. Depois, adquirimos mais algumas. Na segunda etapa, buscamos operadores capacitados. Hoje, chegamos a esse parque de máquinas. Trabalhamos muito para mudar a vida dos nossos agricultores.”

Esta é a segunda capatazia que Estrela reabre em menos de meio ano. Em novembro de 2014, o governo entregou ao Distrito de Delfina a primeira com três novas máquinas.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...