Aos 61 anos, Certel fortalece qualidade da energia

Uma comemoração singela, mas de grande significado para a melhoria na qualidade do fornecimento de energia elétrica para a região. Assim foi marcado o aniversário de 61 anos da Certel, celebrado domingo, 19 de fevereiro. A cooperativa acionou no fim de semana um novo transformador, de 26.600 kVA, instalado na subestação rebaixadora de Teutônia. A inauguração do equipamento contou com a presença de autoridades municipais e empresariais, conselheiros administrativos e fiscais, gestores e colaboradores da Certel e imprensa. Paralelamente, também foi instalado novo transformador de 20.000 kVA na subestação rebaixadora de São Pedro da Serra, iniciativa que garantirá o suprimento de energia com qualidade e confiabilidade para os próximos dez anos.

Missão
Com um crescimento de 3,67% do consumo de energia em 2016, contrariamente ao Estado e ao País, cujos consumos decresceram, a Certel, com um investimento acima de R$ 10 milhões, ratifica sua missão de distribuir energia elétrica com qualidade aos seus associados, contribuindo para o desenvolvimento regional. O novo transformador, somado ao já existente na subestação de Teutônia, garante uma potência de 52 mil kVA, fundamental para evitar quedas do fornecimento, principalmente em decorrência de altas temperaturas, quando o consumo se eleva. “Em 25 de janeiro, já chegamos a 38 mil kVA consumidos somente na subestação de Teutônia”, recorda Ernani Aloísio Mallmann, diretor operacional de energia da cooperativa.
Mallmann observa que, além destas duas subestações, também serão beneficiadas as situadas em Lajeado e Canudos do Vale, que poderão aproveitar os transformadores que serão substituídos em Teutônia e Lajeado. “Todas as subestações terão uma reserva técnica que possibilita continuidade e segurança de energia e, consequentemente, a possibilidade de aumento de novos consumidores residenciais e industriais”, sinaliza.

Desenvolvimento
Segundo os diretores-superintendentes Ilvo Edgar Poersch e Milton Huve, o investimento permitirá uma capacidade energética suficiente para que a região cresça e se desenvolva. “Estamos ofertando condições para a criação de novos empregos e um futuro mais promissor às novas gerações”, afirmou Poersch. “A instalação de novas indústrias é essencial para o fortalecimento da região e também da cooperativa”, frisou Huve.

Futuro
O presidente da Certel, Erineo José Hennemann, lembrou Reinoldo Aschebrock, primeiro presidente e fundador da Certel, e todas as pessoas que contribuem ou já contribuíram para o sucesso da cooperativa. Destacou também a necessidade de a empresa enxergar cada vez mais o futuro. “Nossa vocação é fornecer energia de qualidade aos associados. Enquanto Estado e País cresceram negativamente, nós tivemos um incremento de 3,67% em 2016, o que representa a ligação de um novo município de Westfália ou Poço das Antas por ano”, relatou.
Hennemann enalteceu a importância desses 61 anos para a Certel, que é a maior e mais antiga cooperativa de energia do País, e dedicou o aniversário à melhoria da qualidade de vida do quadro social. “Não estamos num momento de festa, mas de reconhecimento para agradecer aos nossos associados, àquelas pessoas que iniciaram a cooperativa ou que já passaram pela direção. A cada dia a Certel é diferente, pois é uma cooperativa que olha para o futuro”, completou, salientando a importância das demais atividades, como geração, Lojas Certel, CertelNET e Certel Artefatos de Cimento.

Valorização
Em viagem à Brasília, onde teve audiências com o governo federal, o prefeito de Teutônia, Jonatan Bronstrup, foi representado na inauguração pelos secretários municipais da indústria, comércio e turismo, Alexandre Petters, e do planejamento, Ricardo Wagner. Ambos salientaram a importância da Certel para o fortalecimento da economia teutoniense e regional. “Se depender da administração municipal, muitos outros transformadores terão de ser instalados, porque queremos que o município cresça de forma ordenada e valorize o nosso povo trabalhador, honesto e digno”, disse Petters. “Vemos que a Certel tem coragem de fazer a coisa e se atirar diante dos desafios. Parabéns por um projeto tão lindo, que tanto nos orgulha em nossa cidade”, pontuou Wagner.

Visão
A característica visionária da Certel também foi citada pelo presidente da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Teutônia, Renato Lauri Scheffler. “A pró-atividade está presente em cooperativas de história no município, com Certel, Languiru e Sicredi. Com este investimento que marca o 61º aniversário, não faltará energia para que Teutônia e grande parte da região continuem crescendo”, alinhavou.
Para Dirceu Bayer, presidente da Cooperativa Languiru, o investimento da Certel serve de exemplo para a classe empresarial. “Como maior consumidora, a energia confiável da Certel foi importante para os investimentos realizados pela Languiru que, em 2016, cresceu em torno de R$ 130 milhões”, afirmou.
Silvo Landmeier, presidente da Sicredi Ouro Branco, enfatizou a relevância do associativismo e o orgulho de ser associado à Certel. “Conclamamos a todos para, cada vez mais, cuidarmos, fortalecermos e protegermos as nossas cooperativas. Parabéns a todos os defensores do cooperativismo”, sublinhou.
Coordenador dos líderes de núcleo da região de Teutônia, o associado Décio Schneider, de Linha Frank, Westfália, também evidenciou a coragem da Certel que, mesmo num processo de recuperação econômica, investe na melhoria da qualidade energética. “Que possamos continuar dessa maneira, sempre com capacidade de priorizar investimentos para esta área tão vital.”

Setor primário
O associado Elo Schuck, 53 anos, de Alto Sampaio, Sério, sente grande orgulho por ser vinculado à Certel. Por mais distante que sua localidade esteja da área urbana, Schuck considera a energia da Certel elementar para o desenvolvimento do setor primário. “Temos conhecidos próximos que não são abastecidos pela cooperativa que já chegaram a ficar dias sem luz elétrica. Seja para a criação de frangos, bovinos ou suínos, ou até para a área residencial, onde os alimentos podem estragar pelo calor, a energia é fundamental. E, nesse ponto, a Certel é muito responsável”, avalia o associado, que faz questão de contribuir com a integralização da cota capital. “Já ajudamos o hospital de Sério, que é um dos beneficiados pela Campanha Mãos Dadas com a Saúde, e não poderíamos deixar de auxiliar a nossa estimada cooperativa”, assinala, cumprimentando pelo 61º aniversário.

Área urbana
Residente em Westfália, a associada Neila Maria Gomes, 47 anos, sabe o que é receber energia de outra distribuidora, pois já morou em Canoas e Porto Alegre. “Nestas cidades, se faltou energia, você fica sem luz mesmo, porque demora muito até eles resolverem vir lhe atender. Já com a Certel é muito diferente, pois ao ligarmos para reclamar algo, em seguida eles estão aqui resolvendo o problema da gente”, destaca.
Atualmente, dona Neila contribui com a integralização da cota capital, mas no começo pensava diferente. “Devido aos comentários existentes na região, primeiro achei que não deveria colaborar. Mas, ao chegar em casa e conversar com meu marido, ele disse que não poderíamos deixar de contribuir. Liguei para o 0800 516300 e mudei minha opinião em benefício da cooperativa. Afinal, conhecemos muito bem o padrão de atendimento das outras distribuidoras. Vemos a contribuição da cota capital como uma poupança forçada, um dinheiro que dificilmente economizaríamos de outra maneira, e que depois retornará para a gente.”
Quanto ao aniversário, a associada deseja que a cooperativa continue realizando um atendimento atencioso e eficiente aos associados. “Para o pessoal daqui, às vezes é difícil entender a diferença, porque eles só conhecem a Certel. Então eles acham que tem que melhorar, que não está bom e querem sempre mais. Mas, saia daqui, vá morar em outra cidade e solicite a ajuda de uma concessionária em caso de falta de luz. Eles não receberão o mesmo atendimento, e possivelmente nem conseguirão falar com alguém direito”, alerta.

Fonte Jorn. Samuel Dickel Bünecker- Assessoria de Imprensa – CERTEL e CERTEL ENERGIA

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...