Alsepro realiza prestação de contas

Associação gerencia verbas que são reinvestidas em órgãos de segurança. Projetos com crianças e jovens são algumas das iniciativas apoiadas

Lajeado – A Associação Lajeadense Pró-Segurança Pública (Alsepro) apresentou, na última quinta-feira, dia 25, a prestação de contas e o relatório de atividades referentes ao ano de 2012. Presidida por Dani Petry, a associação gerencia verbas que são reinvestidas em órgãos de segurança para diminuir a criminalidade. No fim da reunião, o comandante regional da Brigada Militar, coronel Antônio Scussel, anunciou o apoio de 35 novos soldados nas ruas da região para combater a violência.

O presidente da entidade, Daní Petry, apresentou as receitas do ano passado que totalizaram cerca de R$ 325 mil; e as despesas, pouco mais de R$ 403 mil. O déficit de R$ 77 mil não é considerado prejuízo pela associação. “Investimos bem nos órgãos de segurança, e apoios assim não podem ser classificados como perda.” Petry ainda enfatizou o auxílio repassado ao Programa Adolescente Legal com Música, em que 40 crianças são atendidas, duas vezes por semana, manhã e tarde. O Programa compreende jovens dos bairros Morro 25 e Santo Antônio, e oferece ainda a prática de esportes na Univates.

O vice-presidente, Ito Lanius, acrescentou que a Alsepro tem o trabalho baseado no seu planejamento estratégico, que começará a ser reestruturado. “Precisamos retomar o que aconteceu ou deixou de acontecer para assim pensarmos na segurança pública daqui para a frente e como os recursos devem ser aplicados.” Ele pontuou como importante, em 2012, a aquisição de uma betoneira para o Presídio Estadual de Lajeado. “Agora com o material é possível que a própria casa prisional desenvolva determinados trabalhos.”

Saiba mais

Os integrantes da Alsepro atuam de forma voluntária e representam empresários, associações de classe, sindicatos, órgãos oficiais, poder executivo entre outros. Os valores gerados são oriundos de repasses dos municípios, de aplicações de penas alternativas e pagamentos de fianças. Desta forma, consegue atender pleitos da Brigada Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Grupamento Ambiental da Brigada Militar, Instituto Geral de Perícias e Presídio Estadual de Lajeado através de reformas, aquisição de equipamentos, auxílios em cursos e programas, e outros.

Atividades 2012

Brigada Militar
R$ 660 mensais para pagamentos de pequenas despesas
Mensalidade de chip – R$ 95,40
Pagamento mensal de um estagiário – R$ 419,75
Verba extra para reforma – R$ 2.702,27

Polícia Civil
R$ 605 mensais para pequenas despesas
Pagamento mensal de cinco estagiários – R$ 3.814,75
Pagamento mensal de internet – R$ 79,90
Atendimentos psicológicos – R$ 495 mensais
Compra de um aparelho de fax – R$ 490
Construção e ampliação da delegacia de polícia – R$ 150.495,85
Valor extra para reforma – R$ 9.470,70
Mudança de móveis – R$ 1.335

CRPO
Pagamento mensal de quatro estagiárias – R$ 2.516
Manutenção de GPS nas viaturas – R$ 378 (semestral)
Projeto Férias com Cidadania – R$ 1.924,59
Proerd – R$ 1.018,94
Auxílio para curso de formação de instrutores – R$ 1.208,23

Presídio Estadual de Lajeado
R$ 550 mensais para pagamento de despesas
Pagamento de concertina – R$ 3.500
Betoneira – R$ 2.100
Auxilia ainda a Patram, Posto de Identificação, Banco Sim, Polícia Rodoviária Federal, Fórum, Projeto Adolescente Legal, Projeto Ong Drogas Tô Fora, Projeto Adolescente Legal com Música, Programa de Prevenção à Venda e ao Consumo de Bebidas Alcoólicas por Crianças e Adolescentes.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...