Agroindústrias de Encantado apresentam produtos durante a Suinofest

Um dos locais procurados pelos visitantes da Suinofest – que segue até domingo, dia 15, no Parque João Batista Marchese em Encantado – é o espaço onde estão instaladas as agroindústrias familiares do município. No local, com o apoio da Emater/RS-Ascar, são vendidos diversos produtos coloniais, entre eles pães, cucas, biscoitos caseiros, sucos, geleias, conservas, nozes processadas e mel, entre outros. No mesmo espaço também há exposição e venda de artesanato confeccionado pelos clubes de mães.

Um dos expositores é o jovem Mateus Casaril, de 21 anos, morador da localidade de Linha Divertida. Produtor de vinhos e sucos das uvas Bordô, Itália e Rubi, participa pelo segundo ano consecutivo do evento. “Pra nós é uma forma de divulgação, de estabelecer contatos e de conhecer outros feirantes e clientes”, afirma Casaril. O jovem salienta que, durante os dias de Suinofest, chega a vender mais de 100 litros de vinhos coloniais e outros 50 de sucos, com preços que variam de R$ 6 a R$ 7 a garrafa.

Não à toa, Mateus, que vive com os pais, já trabalha para ampliar a produção. O objetivo da família é aumentar o parreiral, chegando aos 10 mil pés, que passariam a produzir cerca de 70 toneladas por hectare ao ano. “Hoje não damos conta de entregar toda a fruta que nos é demandada”, explica o jovem. Como forma de diversificar a propriedade e garantir uma renda permanente, também trabalham com bovinocultura de leite. “Hoje possuímos oito vacas que produzem uma média de 80 litros por dia”, salienta.

Os produtores de nozes Venilton e Arlete Valandro participam da feira com o objetivo de tornar a agroindústria Santo Antônio, ainda em processo de formalização, conhecida. No último evento comercializaram 200 quilos de frutas com casca, in natura e processadas. “A Suinofest não deixa de ser um caminho para que apresentemos os nossos produtos para um público diversificado”, pondera Venilton. Na feira, vendem o quilo da nossa com casca a R$ 6, a descascada a R$ 25 e a industrializada – caramelizada ou com chocolate – a R$ 50.

Não à toa, a consolidação do empreendimento, que deve ser formalizado nos próximos meses, anima o produtor a aumentar o pomar. Hoje são 180 nogueiras, distribuídas em quatro hectares, produzindo uma tonelada de frutos por ano. Só que muitas das árvores, ainda estão em crescimento. “É um processo meio demorado e que exige um pouco de paciência, já que as árvores de nozes levam, em alguns casos, mais de dez anos pra começar a produzir”, explica o produtor. Mas a espera vale a pena. “O objetivo é alcançar dez toneladas de frutos por safra”, garante Venilton.

Sobre a Suinofest

A Suinofest é um evento que valoriza a carne suína e seus derivados. Oferece gastronomia típica, exposição das tecnologias e tendências da suinocultura e seminários com temas pertinentes. Com o Festival de Compras proporciona aos visitantes uma diversificada gama de produtos e serviços. No evento o visitante encontra também atrativos turísticos, apresentações culturais, lazer e entretenimento. Mais informações sobre a festa podem ser obtidas no site www.suinofest.com.br.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...