Agricultura regional recebe R$ 32 milhões em recursos de custeio liberados pelo Sicredi

O Sicredi Região dos Vales disponibilizou, de julho a outubro de 2015, aos produtores dos 18 municípios de sua área de atuação, R$ 32 milhões em recursos para operações de custeio agrícola. Os valores repassados contribuíram com a atividade econômica de 2,7 mil produtores e são compostos em sua maioria por linhas do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Os valores liberados pelo Sicredi para a safra 2015/2016 tiveram como principal destino o plantio de lavouras e pastagens. Conforme levantamento da instituição, nesta safra, a área total plantada foi de 22,3 mil hectares de diferentes culturas. Entre as principais atividades financiadas estão 14 mil hectares de milho; 5,5 mil hectares de soja; 2 mil de erva-mate e 380 hectares de uva.

Umas das principais atividades econômicas da Região dos Vales, a agricultura, além de garantir renda às famílias, também é importante para o desenvolvimento de diversas cadeias produtivas, como a de aves, suínos e leite, abastecendo também a indústria de alimentos, outra importante fonte geradora de empregos na região.

Além de auxiliar na produtividade das lavouras, os recursos disponibilizados também movimentam a economia regional. Considerando a produtividade e os valores previstos de comercialização desta safra, os recursos repassados no período devem gerar um faturamento aproximado de R$ 92 milhões aos produtores.

O produtor de leite, Deniz Antonio Girardi, de Vespasiano Corrêa, é associado ao Sicredi há 13 anos e utiliza o custeio como solução para financiar o plantio de parte dos 20 hectares de milho cultivados em sua lavoura. “Com o plantio do milho financiado com os recursos do custeio, consigo produzir cerca de 700 toneladas de silagem, suficientes para alimentar as mais de 100 cabeças de gado leiteiro da propriedade por mais de um ano, garantindo a segurança, a qualidade da produção e a renda para a família”, destaca o associado.

Além dos recursos destinados para o custeio, a Cooperativa tem prevista a liberação nesta safra de R$ 58 milhões para operações de investimento e comercialização, fomentando o desenvolvimento das atividades dos associados e contribuindo para a modernização e produtividade das propriedades.

Nos 11 Estados de atuação, a projeção do Sistema Sicredi é direcionar, na Safra 2015/2016, R$ 9 bilhões em crédito rural, com previsão de efetivar cerca de 180 mil operações neste período. Deste montante, cerca de R$ 1,5 bilhão será liberado em operações com recursos do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES).

O diretor executivo do Sicredi Região dos Vales, Roberto Scorsatto, destaca que os recursos que foram repassados pela instituição financeira cooperativa, além de viabilizar o plantio e o investimento nas propriedades rurais, promovem a geração de renda e o desenvolvimento local. “Em uma região caracterizada pela agricultura familiar e pelas pequenas propriedades, o crédito rural é uma ferramenta importante que proporciona o acesso à modernização, a ampliação da produtividade e o incremento dos investimentos no campo, contribuindo ainda para a manutenção das propriedades e a permanência das famílias no setor”, afirma.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...