Agricultura familiar orgânica é vocação para um planeta saudável

O Conselho Municipal do Meio Ambiente de Estrela (Comdema) promoveu na quinta-feira, dia 16, uma reflexão sobre a qualidade dos alimentos que a região e o mundo vem colocando à mesa. A palestra “Alimentar o mundo, cuidar do planeta” – realizada durante a tarde na Faculdade La Salle – marca o Dia da Alimentação alertando para o consumo de produtos orgânicos e sem agrotóxicos, que possam contaminar os alimentos e o meio ambiente.

O presidente José Inácio Birck, enfatiza que o Comdema está preocupado com a escala com que as pessoas consomem produtos não saudáveis. “O veneno está na mesa de todos”, frisa, observando que um documentário de mesmo nome causou repercussão entre os integrantes do Conselho. “Esse tema nos impressionou e queremos fazer algo para expandir a alimentação saudável.” Para ele e o Comdema, a vida não é apenas alimentação com agrotóxicos. Prova disso está nas formas alternativas, como o consumo de produtos cultivados sem produtos tóxicos: os orgânicos possuem selo de referência. Com técnicas ecológicas é possível produzir pequenas hortas em apartamento. É evidente que é preciso de um pouco mais de dedicação das pessoas, mas o resultado compensa, segundo Birck. “Se você for adquirir um produto orgânico, pagará mais caro do que o não-orgânico, mas estará comprando o seu próprio remédio que é o alimento.”

Agroecologia

O palestrante destaque no Dia da Alimentação foi presidente da Cooperativa de Agricultores Ecologistas de Garibaldi (Coopeg), Jorge Luis Mariani. Formado em enologia, morou fora durante um tempo e decidiu voltar para a sua verdadeira vocação: a agricultura familiar. Com sotaque italiano e um jeito expansivo de se articular, Mariani conquistou a simpatia da plateia pelo discurso inteligente, prático e colaborativo. Empenhado em produzir alimentos de maneira menos agressiva ao homem e ao meio ambiente, Mariani idealizou a Coopeg que tem sua atividade baseada em produtos orgânicos sem o uso de agrotóxicos. “Quanto tive a ideia da agroecologia fui chamado de louco. Eles disseram, se com veneno não dá, imagina sem.” Mariani seguiu adiante e focou sua meta. Hoje, a Coopeg tem 46 famílias em oito municípios.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...