Agagel: Jornada espera até 200 sorveteiros

A 16ª Jornada do Sorvete tem a expectativa de reunir até 200 empresários do setor. Realizada pela Associação Gaúcha das Indústrias de Gelados Comestíveis (Agagel), a programação vai ocorrer nos dias 23 e 24 de julho. O evento é sediado nas dependências do Weiand Hotel, em Lajeado. A atividade abrange palestras técnicas e exposição de fornecedores de matéria-prima, tecnologia e equipamentos. Até o momento 30 empresas de vários estados brasileiros estão confirmadas.

A edição deste ano engloba cinco conferências. As apresentações vão tratar de temas como cenário econômico, tendências do mercado, elaboração de sorvetes, tratamento de efluentes das indústrias e apresentação da história de sucesso das empresas Las Paletitas e Açaí Mais Sabor. Os assuntos serão abordados por profissionais de atuação no Brasil e exterior, o que torna o evento ainda mais relevante para os sorveteiros. São eles: o economista André Nunes de Nunes; a pesquisadora Darlila Aparecida Gallina; o engenheiro de alimentos Hernan Elia; a engenheira química Luciana Costa Teixeira; e o presidente das empresas Las Paletitas e Açaí Mais Sabor, Wanderson Lamoia Nogueira.

O presidente da entidade, Daniel Greve, destaca que a Jornada do Sorvete da Agagel já se tornou tradicional e esperada no Rio Grande do Sul. “Sorveteiros de todo o Rio Grande do sul, além de Santa Catarina e missões de outros estados, como Minas Gerais, tem prestigiado o evento”. Uma novidade para esta edição é a parceria entre a Agagel e CTR, fornecedora de carrocerias frigoríficas. A empresa irá sortear um baú sorveteiro para os associados durante o jantar de encerramento, no dia 24 de julho.

Mais informações podem ser obtidas na secretaria da Agagel, pelo telefone (51) 3347-8744 ou por e-mail agagel@agagel.com.br. O investimento para participar das palestras é de R$ 140.

Consumo de sorvete em 2014

O espaço ocupado pelo sorvete na dieta dos brasileiros e na economia tem crescido a cada ano. De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes (Abis), em 2014, no Brasil, foram ingeridos 1,305 bilhão de litros de sorvete, representando um aumento de 4,9% em relação ao ano anterior. Se considerados os últimos dez anos (2005-2014), o índice atinge 80,2% de crescimento.

A quantidade média degustada por cada brasileiro também registra alta. De 2013 para 2014, aumentou 3,8% – de 6,19 litros saltou para 6,43 litros. Em uma década, o acumulado positivo é de 62,7%. O Rio Grande do Sul tem participação importante neste cenário. Consumir sorvete já é um hábito da população, que, ao optar por marcas regionais, ajuda na expansão do setor, que investe em inovação, qualidade e diversidade de produtos.

Atualmente, o Rio Grande do Sul conta com cerca de 400 indústrias de fabricação de sorvetes e outros gelados comestíveis, conforme consta na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) do Governo do Estado.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...