Com estrutura e processos que preservam o meio ambiente, Girando Sol é exemplo de empresa sustentável

Em meio às ações comemorativas da semana dedicada ao meio ambiente, a Indústria e Comércio de Produtos de Limpeza Girando Sol Ltda, de Arroio do Meio, se destaca por práticas e atitudes éticas que visam a preservação dos recursos naturais. O crescimento econômico aliado à preocupação constante com a sustentabilidade fez a empresa adaptar estruturas e processos, gerando benefícios a colaboradores, consumidores e sociedade.

Desde o início de 2016, quando inaugurou o novo parque fabril, a Girando Sol trabalha continuamente para minimizar os impactos ambientais de suas atividades. As atuais instalações foram projetadas para o consumo inteligente dos recursos naturais. A água da chuva é armazenada em uma cisterna com capacidade para oito milhões de litros e reaproveitada na indústria, limpeza e jardinagem da empresa. Os espaços do setor administrativo possuem lâmpadas, cortinas e ar-condicionado que funcionam com sensores de presença e se adaptam às condições climáticas e de luminosidade do local, diminuindo em 25% o uso da energia elétrica. Na fábrica, um sistema de exaustão proporciona a lavagem dos gases gerados na indústria, devolve o ar limpo para o meio externo e o vapor do cloro é reaproveitado na produção da água sanitária. A construção apresenta telhas transparentes e ventilação natural e o desnível da área da indústria garante que as matérias-primas entrem na produção pela parte mais alta, até chegar na ala mais inferior, com o produto final na expedição, seguindo o fluxo determinado pela Anvisa.

Ao assumir 100% da produção de suas embalagens plásticas, a empresa adquiriu, em um ano, mais de 780 mil quilos da matéria-prima reciclada. Da mesma forma, os resíduos sólidos do processo produtivo recebem tratamento especial, sendo separados por tipo e enviados a estabelecimentos autorizados, que nesse mesmo período receberam 126,5 mil quilos de papel, papelão e plástico. O reaproveitamento de materiais e a correta destinação de resíduos nos últimos 12 meses contribuíram para a redução de cerca de 1,2 mil toneladas de gás do efeito estufa na atmosfera, diminuição de consumo de 931 metros cúbicos de petróleo e de 352 metros cúbicos de água. As vantagens ainda incluem redução de 940 toneladas de resíduos plásticos em aterros e de 2,9 mil MWatt/T de energia elétrica.

Fonte Simone Rockenbach

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...