1ª Teuto Frango Fest

Jantar especial marcou programação de lançamento, num aperitivo do que será servido em 2017

Teutônia prepara evento gastronômico para 2017- CIC Teutônia e parceiros apresentaram proposta do evento

  Teutônia está entre os destaques econômicos e produtivos do Vale do Taquari. Com economia diversificada, o setor primário contribui com 23,29% para a receita municipal. Além disso, a agricultura de Teutônia ocupa o 1º lugar em valor adicionado no Vale do Taquari, desde 2011, com o envolvimento de 1,5 mil famílias e cerca de 5 mil pessoas. Nesse contexto, a avicultura é um dos destaques produtivos do setor primário teutoniense, representando 34% do valor adicionado do município, considerando frango de corte e ovos.

Paralelamente a isso, considerando a vocação da CIC Teutônia em ser uma entidade fomentadora de negócios e reconhecida pela organização de eventos tradicionais, como a Festa de Maio e o Encontro Nacional de Veículos Antigos, a entidade lançou na noite de 30 de agosto a 1ª Teuto Frango Fest, programação de valorização do setor primário, em especial a avicultura.

A iniciativa busca atender demanda do setor gastronômico local e regional, bem como movimentar a economia com mais uma opção de negócios e de turismo. A 1ª Teuto Frango Fest será realizada em agosto de 2017, no Centro Municipal de Eventos, junto ao Centro Administrativo de Teutônia. A programação passará a marcar as comemorações teutonienses pelo Dia Estadual do Frango e do Ovo, celebrados no dia 28 de agosto.

A infraestrutura para o evento gastronômico contará com ampla e diversificada área de alimentação, espaço para expositores, palco para shows e pista de dança, local que irá oferecer conforto para os visitantes saborearem pratos tradicionais e especiais preparados com a carne de frango. “Será uma verdadeira experiência gastronômica com produtos especialmente preparados, além de bebidas, mesas e cadeiras para todo conforto dos visitantes”, destaca o presidente da CIC, Renato Scheffler, acrescentando que a programação também contará com shows artísticos e culturais, concurso culinário estimulando a criatividade e a versatilidade da carne de frango, bem como debates técnicos focados na produtividade e rentabilidade do setor avícola, cursos e palestras sobre culinária.

A 1ª Teuto Frango Fest é uma realização da CIC Teutônia, com o apoio da Prefeitura de Teutônia e da Câmara de Vereadores de Teutônia, patrocínio das cooperativas Languiru, Certel e Sicredi Ouro Branco.

 

Lançamento

 

O evento de lançamento contou com apresentação da logomarca e de vídeo promocional da 1ª Teuto Frango Fest, com projeção da estrutura e disposição dos espaços no Centro Municipal de Eventos, palestras com o presidente da Languiru, Dirceu Bayer, um dos incentivadores para realização do evento, e do diretor-executivo da Associação Gaúcha de Avicultura (ASGAV), José Eduardo dos Santos; e jantar especial, num aperitivo do que será servido em 2017, cujo menu apresentou nove variedades de preparo, salgado e até doce, da estrela da festa, o frango.

A vice-presidente de Infraestrutura da CIC Teutônia, Rosita Schneider, falou sobre o processo de construção do evento, enaltecendo que os produtos de frango e de ovos precisam dessa valorização. “A ideia é que se tragam formas diferenciadas e criativas de aproveitar estes produtos que encontramos em Teutônia, além de uma excelente oportunidade de desenvolvimento do turismo, aumentando a visibilidade de tudo que temos de bom no município”, disse.

A presidente da Câmara de Vereadores de Teutônia, Mareli Lerner Vogel, parabenizou pela iniciativa. “Será um importante instrumento de promoção do setor. Nasce um filho, que tem como pai a Cooperativa Languiru e como mãe a CIC. Quando aprendemos a cooperar, com parcerias também com o meio público, ‘fazemos acontecer’”, frisou.

O prefeito de Teutônia, Renato Altmann, elogiou o comprometimento da equipe da CIC e o trabalho desenvolvido pelas cooperativas no município, tanto no campo econômico quanto social. “As parcerias são essenciais para a promoção de eventos como este, que irá mostrar a pujança teutoniense também na avicultura e na culinária”, parabenizou.

 

Palestras

 

O presidente da Languiru, Dirceu Bayer, apresentou breve cenário da avicultura teutoniense e a importância do setor para o desempenho econômico da cooperativa. Atualmente, das 261 propriedades de associados da Languiru com produção de frango, 62 estão localizadas em Teutônia. Do total de capacidade de alojamento, com mais de 6,7 milhões de aves, cerca de 1,6 milhão está em Teutônia. Dos 12 produtores de ovos férteis em 15 granjas, dois são produtores teutonienses.

“Particularmente, estou muito feliz com a realização da 1ª Teuto Frango Fest. É a realização de um sonho perseguido pela Languiru há muito tempo. Teutônia comprou a ideia e sedia este evento que será marcante para o Vale do Taquari e o Estado. Será um evento à altura do agronegócio teutoniense e regional. Contamos com índices de produtividade invejáveis e precisamos mostrar essa pujança do agronegócio”, agradeceu.

O diretor-executivo da Associação Gaúcha de Avicultura (ASGAV) e do Sindicato da Indústria de Produtos Avícolas do Estado do Rio Grande do Sul (Sipargs), José Eduardo dos Santos, apresentou o cenário da avicultura no Estado e no país. Da mesma forma, elogiou a iniciativa do evento gastronômico. “Temos que evidenciar a carne de frango e os ovos. Tenho certeza de que a Teuto Frango Fest tem tudo para decolar e nosso papel como entidade representativa é apoiar estas iniciativas, que valorizam toda a cadeia produtiva. Todos os envolvidos estão de parabéns”, frisou.

Entre outros dados, Santos destacou que a avicultura representa, aproximadamente, 44 mil empregos diretos e outras 900 mil atividades indiretas no Rio Grande do Sul. Além disso, são cerca de 10 mil famílias de produtores rurais integrados com atividade de frango de corte, estando o setor avícola presente em 241 municípios gaúchos. “Em 2015, o Rio Grande do Sul participou com 15% do total de produção avícola do país, com o abate de 815 milhões de aves e a produção de 1,8 milhão de toneladas de carne. Além disso, representamos 18% do volume de exportações, com faturamento de US$ 1,3 bilhão”, apresentou.

Nesse contexto, a Languiru ocupa a 5ª posição em ranking dos maiores produtores da avicultura gaúcha. “Isso demonstra o desenvolvimento do agronegócio na região do Vale do Taquari e a importante participação da cooperativa teutoniense na economia municipal e estadual. As conquistas e o desempenho da Languiru têm sido exemplo para o agronegócio gaúcho e brasileiro”, elogiou Santos.

Por outro lado, o Rio Grande do Sul produz cerca de três bilhões de ovos anualmente, sendo o 4º Estado em volume de produção, atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo. “O consumo per capita de ovos no Brasil em 2015 ficou em 191 ovos/habitante/ano, índice que no Rio Grande do Sul chega a 227 ovos/habitante/ano”, anunciou.

Por fim, Santos ainda apresentou os principais desafios e oportunidades da avicultura. Encerrado o evento, o público também foi presenteado com livros de receitas à base de ovos e frango.

 

Fonte Leandro Augusto Hamester- AI CIC Teutônia

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...