11º Encontro Nacional de Veículos Antigos- Teutônia recebe cerca de 300 veículos

Em virtude da chuva no domingo, maior movimentação foi registrada no sábado

Apesar da chuva no domingo, dia 17, o 11º Encontro Nacional de Veículos Antigos de Teutônia recebeu cerca de 300 exemplares para exposição. O “museu sobre rodas” movimentou o Centro Administrativo Municipal, especialmente durante o sábado, com tempo firme. Vindos de

47 diferentes municípios, os antigomobilistas elogiaram a organização e receptividade da comissão organizadora.

 

“O encontro de Teutônia é sempre muito bem organizado, com um belo local para exposição dos veículos e para receber as famílias e os amigos”, avaliou o antigomobilista Mateus Debiasi, de Garibaldi, que trouxe o seu Dodge Charger 1968, modelo importado bastante raro no Brasil. Ele esteve acompanhado dos amigos do HP V8 Clube, que ainda expuseram um Corcel 1970, um Dodge Dart 1973, um Galaxie 500 1967 e um Del Rey 1982.

 

A presidente da CIC Teutônia, Mariza Wolf, agradeceu a todos os envolvidos que contribuem para a consolidação do evento teutoniense.

“A chuva chegou em hora imprópria para nosso Encontro, mas mesmo assim tivemos um bom número de veículos expostos. Desde já convidamos para a 12ª edição, agendada para 2021”, disse, agradecendo o envolvimento dos parceiros na organização, apoiadores e patrocinadores.

 

O presidente do Veteran Car Teutônia, Guiomar Haas, igualmente agradeceu a participação de todos e valorizou o nível dos veículos expostos. “Contamos com belos exemplares da indústria automobilística mundial aqui em Teutônia. Muitos expositores vieram de longe prestigiar o evento que organizamos com muito carinho. Saímos dessa 11ª edição entusiasmados e gratos”, afirmou, mencionando ainda integrante do grupo que sofreu acidente doméstico e por quem todos oram pela melhor recuperação.

 

O prefeito de Teutônia, Jonatan Brönstrup, valorizou a infraestrutura do Centro Administrativo Municipal. “A área coberta do Pavilhão Multiuso nos permite a organização de diversos eventos com diferentes condições climáticas. Teutônia recebe a todos com muito carinho e alegria”, concluiu.

 

INOVAÇÃO NA PREMIAÇÃO

 

Uma das inovações do evento ocorreu na premiação dos destaques em exposição. Ao final do Encontro foram reconhecidos 50 veículos, em diferentes categorias. No tapete vermelho especialmente colocado em frente ao palco de shows, pela primeira vez o desfile de duas e quatro rodas encerrou a programação do fim de semana com muito charme e glamour. “É uma forma de valorizar esses veículos, que são a razão maior do evento”, frisou Haas.

 

O 11º Encontro Nacional de Veículos Antigos de Teutônia integra o calendário de eventos do município e foi uma realização da CIC Teutônia, com o apoio de Veteran Car Teutônia, Federação Brasileira de Veículos Antigos e Prefeitura de Teutônia, com o patrocínio de Cooperativa Languiru, Poolseg Corretora de Seguros, Certel, Sérgio Veículos e MR Autoparts. Considerado um dos mais importantes do Estado e caracterizado por programação variada, o evento teutoniense possui características festivas voltadas para toda família, realizado num local de beleza única e um dos pontos turísticos da região.

 

A programação ainda contou com café da manhã para os antigomobilistas, almoço com o prato típico de Teutônia – _Schweinebraten_ – servido por restaurante em ambiente climatizado, shows e apresentações artísticas, com Especial Retrô na La Bodeguita, também junto ao Centro Administrativo Municipal.

 

Destaque ainda para o “Mercado das Pulgas” e Memorabília – setor de venda de peças, acessórios, confecções, canecas, quadros, brinquedos, miniaturas, materiais personalizados de veículos antigos, entre outros; brinquedos infláveis grátis para as crianças, artesanato e agroindústrias, praça de alimentação, chopp artesanal e área específica para camping e churrasco.

 

O evento reuniu diferentes categorias de veículos antigos e afins (automóveis, motocicletas, utilitários, caminhões e ônibus) com mais de 25 anos de fabricação, nacionais e importados, bem como veículos considerados clássicos.

 

Fonte Leandro Augusto Hamester

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...