10º Encontro Nacional de Veículos Antigos

Chuvas atrapalham, mas não impedem confraternização de antigomobilistas em Teutônia Evento realizado no Centro Administrativo Municipal reuniu cerca de 250 veículos, especialmente durante o sábado

Teutônia foi palco de um dos mais importantes eventos de antigomobilistas do Estado no último final de semana, dias 11 e 12 de março, quando ocorreu o 10º Encontro Nacional de Veículos Antigos. As chuvas do fim de semana atrapalharam, mas não impediram a realização do evento que reuniu cerca de 250 veículos antigos, entre automóveis, motocicletas e viaturas militares. O maior movimento ocorreu no sábado, antes da chuva. O encontro integra o calendário de eventos do município e foi uma realização da CIC Teutônia, com o apoio da Prefeitura de Teutônia, Câmara de Vereadores de Teutônia e Veteran Car Teutônia, com o patrocínio de Cooperativa Languiru, Poolseg Corretora de Seguros e Cooperativa Certel.
“A chuva, principalmente durante o domingo, atrapalhou, mas não tirou o glamour do evento que é do município de Teutônia. Agradecemos a todos os parceiros e apoiadores, especialmente aos antigomobilistas e público que nos prestigiou. Com muita dedicação de todos os envolvidos o evento pode ser realizado e, considerando a adversidade climática, existe a possibilidade de reeditarmos o encontro ao longo deste ano, contemplando a todos que não puderam participar neste fim de semana”, adiantou o presidente da CIC Teutônia, Renato Scheffler.
O presidente do recém-criado Veteran Car Teutônia, Guiomar Haas, também agradeceu a participação de todos os antigomobilistas. “Vocês são a razão de ser do nosso encontro, o evento de Teutônia é voltado às famílias de colecionadores”, afirmou.
Falando em nome dos patrocinadores, o presidente da Cooperativa Languiru, Dirceu Bayer, destacou a importância do evento para o município. “O Encontro Nacional de Veículos Antigos fortalece a imagem de Teutônia e a sua vocação turística, uma vez que é realizado num dos principais pontos turísticos do Vale do Taquari, nosso Centro Administrativo Municipal”, enalteceu.
O prefeito de Teutônia, Jonatan Brönstrup, igualmente agradeceu a presença de expositores e visitantes, também parabenizando aos organizadores do evento. “O que trouxe todos aqui, principalmente num domingo de tanta chuva, é de fato o amor pelo antigomobilismo, nos brindando com uma magnífica exposição. Nesses dois dias, todos puderam conviver em harmonia e conhecer de perto uma das características da nossa comunidade: a acolhida sempre generosa, com muito carinho e respeito”, frisou, colocando a Administração Municipal à disposição para a realização dos próximos eventos.

Elogios à receptividade teutoniense

O Camaro SS, ano 1972, de Rodrigo Pulita, fez sucesso no evento teutoniense. Vindo de Caxias do Sul na companhia de amigos, eles se preparavam para retornar à Serra Gaúcha na manhã de domingo e, em meio à chuva, reuniram o grupo em comboio sob o Pavilhão Multiuso, área coberta com 3.600m² que abrigou a maior parte dos veículos expostos. O ronco dos V8 arrepiava quem estava por perto.
Proprietário de oficina especializada em veículos antigos, Pulita e os amigos não perdem um encontro em Teutônia. “Participo desde o primeiro evento. Independentemente do tempo chuvoso, faço questão de retornar a cada edição e este ano não seria diferente. A receptividade que encontramos aqui é excepcional, sempre somos recebidos de braços abertos. Com as mudanças na organização do evento, percebemos que agora ele é mais voltado ao antigomobilismo, ao carro, com o envolvimento de pessoas que se conhecem desse meio, pessoas com paixão por carros. Fomos muito bem acolhidos, desde o portão do local do evento, na van gratuita que nos levou ao hotel, em toda estrutura montada para o encontro”, destacou. Além do Camaro, Pulita também expôs seu Fusca 1971 e, em edições anteriores, já trouxe seu Dodge Dart, ano 1974, que inclusive já recebeu prêmios em Teutônia.
Outro que mais uma vez marcou presença foi o Gordini III, ano 1967, do representante comercial Eriberto Baccin, de Caxias do Sul, que também expôs seu Opala Comodoro 4100 6cc, ano 1967, este último premiado como um dos veículos destaque na categoria nacionais. “Talvez não tenha participado da primeira edição do encontro de Teutônia, mas de lá para cá não perdi um. A cidade é muito bonita, o local do evento é fantástico, com uma beleza natural sensacional, com um povo extremamente receptivo. Fui muito bem recebido, com boas horas de confraternização. A equipe envolvida no evento é extremamente simpática, formada por pessoas que realmente gostam de veículos antigos”, elogiou. Além disso, Baccin também não poupou elogios ao café da manhã servido aos antigomobilistas. “Eles pensaram em tudo, são pequenos detalhes que fazem a diferença. A chuva é um acaso sobre o qual não temos controle.”

Teutônia é diferenciada

O relações públicas da Associação Brasileira de Preservadores de Viaturas Militares Antigas, Alexandre Gerhardt, externou a satisfação do grupo que participou do 4º Encontro Sul-Brasileiro de Viaturas Militares Antigas, com aproximadamente 45 veículos – entre eles um blindado -, vindos de Florianópolis, Turvo, Bento Gonçalves, Porto Alegre, Guaíba, Gravataí e também de Teutônia, entre outras cidades. “Foram cerca de 120 pessoas de fora do Estado participando do encontro de viatura militares, vindas do Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. Todos ficaram impressionados com a beleza de Teutônia e a hospitalidade da comunidade. A educação da população também chamou a atenção, permitindo a exposição das viaturas sem a necessidade de isolamento. De fato, Teutônia é diferenciada, e isso marcou muito o grupo”, parabenizou, destacando o apoio do 7º Batalhão de Infantaria Blindada, que fez sucesso com o M113, blindado de transporte de tropas, e do 6º Batalhão de Comunicações de Bento Gonçalves, que organizou o acampamento militar e trouxe três viaturas modernas. Gerhardt ainda citou o apoio da Companhia Indestrutíveis, “maior grupo de preservadores do Brasil, que veio rodando em comboio de Florianópolis”.

Premiação

Ao final do evento, na tarde de domingo, foram entregues troféus aos expositores destaque, além de homenagens aos patrocinadores e apoiadores. Ao todo, foram 27 premiados, divididos nas categorias veículos nacionais, carro de família, importados, esportivos, hot rod, mini carro, motos categoria duas rodas e caminhões.
Entre esses estiveram, por exemplo, uma GM Caravan ambulância, ano 1978, de Vagner Capelli, de Bento Gonçalves; o Ford Corcel II, ano 1984, de Carlos Sander, de Novo Hamburgo, na categoria carro de família; e o Magirus Deutz D 16, ano 1976, caminhão do Corpo de Bombeiros Voluntários de Teutônia, entre outros vindos de diversas cidades gaúchas. “O nível dos veículos que participaram do encontro foi excelente, todos foram merecedores de premiação”, definiu o integrante da comissão avaliadora, Sérgio Antônio Cemin.

Programação

O Encontro Nacional de Veículos Antigos de Teutônia é considerado um dos mais importantes do Estado e possui características festivas voltadas para toda família. A infraestrutura do Centro Administrativo Municipal ofereceu praça de alimentação diversificada, com recepção especial para os expositores com café da manhã, palco para shows, exposições comerciais, artesanato e agroindústrias.
Destaque também para a área coberta do Pavilhão Multiuso, com 3.600m², que abrigou a área comercial, como o “Mercado das Pulgas” – setor de venda de peças, acessórios, confecções, canecas, quadros, brinquedos, miniaturas, materiais personalizados de veículos antigos, entre outros. Ainda foi disponibilizado aos antigomobilistas e visitantes o restaurante climatizado, brinquedos infláveis grátis para as crianças, área especial para motorhomes e acampamento.
No palco principal do evento, animaram o encontro, além de outros artistas e músicos locais, as bandas Gramofônica, Pro&Bidus e Rock and Bier, todas de Teutônia. Os expositores inscritos no evento também receberam kit, contendo exemplar da Revista Classic Show, vale para café da manhã, vale para confraternização com degustação na noite de sábado, entrada franca para o motorista e um acompanhante, camisa polo oficial do evento, erva-mate e vale-chopp Hopy Beer.

Recurso para Bombeiros Voluntários

Parte do valor arrecadado com a cobrança de ingressos do público que prestigiou o 10º Encontro Nacional de Veículos Antigos de Teutônia será revertida em benefício do Corpo de Bombeiros Voluntários do município. Os integrantes do Lions Clube de Teutônia e do Rotary Club de Teutônia realizaram os controles e auxiliaram voluntariamente na cobrança de ingressos. “A CIC Teutônia, de longa data busca o desenvolvimento da classe empresarial e sempre esteve comprometida com a qualidade de vida da comunidade em geral. Pensando nisso, a exemplo de outras ações que já beneficiaram, por exemplo, o Hospital Ouro Branco, a entidade estará destinando percentual do valor arrecadado com a cobrança de ingressos do público aos Bombeiros Voluntários. É a nossa forma de poder auxiliar esta entidade que presta serviço relevante à sociedade teutoniense e de municípios vizinhos”, destaca a vice-presidente de Infraestrutura da CIC, Rosita Jussara Schneider.

Fonte – Leandro Augusto Hamester

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...